sábado, 23 de junho de 2012

Lista De Decepções

"Hey moon, please forget to fall down
Hey moon, don't you go down
Sugarcase in the easy morning
Weathervanes my one and lonely" (Panic! at the Disco - Northern Downpour)  ****




Quanto tempo faz? Dois meses? Três? Nem sei mais. Posso contar nos dedos quantas vezes as tentativas inúteis de tentar te acordar, as barras que eu passei tentando te mostrar que eu tinha um pouco de valor além de cacos grudados no meu peito. O tempo passou tão rápido que nem vi que havia completado meses de namoro entre vocês.


Meus parabéns. Você conseguiu ser a garota mais idiota do mundo. Como você se sente ao fato de ser tão idolatrada pelas minhas canções? Nas minhas canções melódicas, nas canções pesadas, e nas românticas. A garota mais idiota do mundo está em todas elas.


Lembro quando eu a conheci, lembro como se fosse ontem. Tudo estava tão bem aquele dia, tipo, nada de errado pra me atormentar, ninguém pra me dizer palavrões e ofensas. Foi que a vi atravessar aquela porta como se fosse um fantasma arrombando as portas do meu coração.


Fui imediatamente afetado, um nerd completamente pessimista por uma garota morena de olhos castanho-claro. Inicialmente, confesso, eu fingi estar gostando daquela garota só pra passar o tempo, pra dizer que não ligo pra nada e estar como um barco sem norte.


Mas, logo após os meses se passando, eu realmente quis que seu coração fosse meu. Lembra quando eu comecei com essa folia de escrever textos anônimos para te deixar curiosa, querendo saber quem era e por que tudo aquilo? Bom, foi lá que já estava viajando no seu olhar.


Um tempo depois, consegui teu e-mail pra enfim conseguir me declarar.. Eterno erro. Talvez um dos erros mais idiotas da minha adolescência. Quando eu criei coragem, respirei fundo, e digitei o que reprimi por um tempo, sem avisar, a vida cortou um pedaço do meu mundinho colorido.


Era a hora de ver que a vida nunca é fácil. Claro, claro, continuaremos como amigos como se nunca esse meu esforço tivesse ocorrido. Maior mentira que inventamos juntos. Amigos não se afastam um pra cada lado, e também não se ignoram.


E assim passou um ano. Um ano inteiro em vão por culpa dela. Ah, aquela vadia, me levou ao apego com meus erros e meus falsos amores. Não estou aqui reclamando, nem culpando ninguém, quer dizer, só ela, mas, o resto, são todas consequências da minha idiotice.


Este ano, eu lembro que nos primeiros meses sem aula, foi os meses em que a esqueci. Eu viajei pra lugares, visitei parentes, enfim, eu vivi tudo o que eu deveria ter vivido no ano inteiro. Mas quando vieram as aulas, eu me lembrei que ela ainda existia. Não existia nada pra desintegrar alguém perto de mim, certo?


Eu lembro muito bem quando eu descobri que ela havia começado a namorar. Mais uma decepção embaixo daquele nome. Minha lista de decepções com as pessoas estão lotadas, mas quem é a melhor desta turma com certeza é ela.


Choque perfeito com um horário imperfeito. Não era hora de ter descoberto aquilo fuçando as coisas dela no Facebook, afinal, a casa estava uma bagunça, e eu tinha que trabalhar em casa. Mas eu insisti e descobri, com a língua sendo cortada, aquela que dizia "Você vai ser minha".


A vida passou a ser incolor pra mim. As horas pareciam que giravam e giravam mas voltavam pro mesmo lugar. As cores que eram coloridas naquele caderno de artes, para mim, era apenas tons de cinza.  Eu esqueci que os meus cadarços estavam desamarrados, e não havia ninguém pra avisar.


E agora, essa garota deve estar com o namorado de dois meses curtindo as festas e vivendo a vida como nunca viveu. Eu a vi naquela festa com ele uma vez, os braços dele estavam entrelaçados na barriga dela. Precisei me camuflar na galera do show.


Provavelmente esse seja um dos últimos, se não for o último, que estarei escrevendo sobre ela, a garota mais idiota do mundo. Ela não merece mais minhas palavras, e muito menos meus poemas e canções. Ela merece aquele sorriso daquele idiota, ela merece os lábios dele, ela merece tudo o que eu nunca poderei dar. E na minha lista de decepções, vou parar de escrever sobre você, afinal, você já excedeu o limite.


****Música a ver com o clima, e não de fato com o post

2 comentários:

Debora Gobor disse...

Adorei! Incrível!
Sério mesmo!

Gu$tªV0 disse...

=) Vlw Dééh!
Volte sempre!

.